segunda-feira, 23 de agosto de 2010

Estou a desabar



A minha vida está um caos. Sinto-me perdido e sem direcção. É difícil manter tantas facetas. É difícil não deixar cair todas as máscaras para não desiludir ninguém. Não posso deixar cair a máscara de bom filho, nem a de bom amigo, nem a de eterno apaixonado, sinto que até comigo mesmo tenho uma máscara. Não sei o que estou a esconder de mim mesmo. Sei que sinto a minha vida envolvida num quebra-cabeças que não sei como começar a resolver.
É tão difícil tentar agradar à minha família e nem assim conseguir acertar sempre, é difícil saber onde errei na nossa amizade se vocês não me disserem o meu erro, é difícil sentir-me feliz se não consigo resolver as coisas entre nós porque te amo tanto, é quase impossível sentir-me satisfeito com os meus sucessos se nem posso ser quem realmente sou em paz. Sinto-me um quebra-cabeças que não sei como resolver, sinto-me um puzzle completo mas que começa a cair aos bocados.
Não consegui dormir esta noite, passei todo o tempo a chorar. Tentei mas não consegui aguentar as lágrimas que saíram descontroladamente. Sou fraco, sou mais fraco do que pensava. Julgava-me forte e imbatível, isto porque era jovem, destemido e idiota. Agora sou crescido, fraco, cobarde e sinto-me a ruir.
Preciso agradar a todos. Preciso ser o grande amigo, preciso ser um grande filho, preciso ser o melhor namorado de sempre, preciso de ser eu.

Preciso de ajuda. 

11 comentários:

  1. Pois bem Marcus.. acho que a única pessoa que devias tentar agradar era a ti mesmo. Essa preocupação em ser tão perfeito não é nada saudável. A perfeição não existe. Tens a preocupação e a precisão de te esmerares na tua relação para com os outros. Não achas que te estás a sobrecarregar? Não me pareces fraco mas considero normal teres ido abaixo desta forma, visto que sentes que precisas de agradar a todos.
    A qualidade textual é indiscutivel :)

    ResponderEliminar
  2. Como já te disse a tua força, só tu podes encontrar, e nós temos sempre muita força !
    Tu não podes continuar com isso tudo, porque na pior das hipóteses quando souberem a verdade, irão perceber que lhes mentis - te. Por isso de uma vez por todas, mostra a tua verdadeira faceta, só assim conseguirás ser feliz

    ResponderEliminar
  3. Não deves carregar máscaras que escondem quem realmente és porque dás ideias erradas às pessoas sobre a tua personalidade, fazendo com que fiques preso num ciclo vicioso de mentiras e farsas. Deves ser sempre tu mesmo, sem necessidade de agradar a todo o custo, se agradares óptimo senão o fizeres não é o fim do mundo, há-de haver sempre quem goste de ti, te respeite e caminho lado a lado contigo pelo que és. Larga as máscaras, não te fazem bem.

    ResponderEliminar
  4. bem... este texto está muito marcante... revejo-me em algumas palavras!!

    é complicado porque primeiro estas a tentar ser uma pessoa que nao és, o que se torna algo de muito complicado em carregar... segundo os teus pais, amigos e namorada estarao com certeza orgulhosos daquilo que és, porque tu devias de ser assim: "sou como sou e nao como querem que eu seja" e é isso que devias de seguir...
    a vida sao dois dias e um ja vai a meio...
    vive a vida como queres e nao penses nos outros antes de pensar em ti :)
    bjnhos* Marcus

    ResponderEliminar
  5. A perfeição não existe! Deves ser tu próprio, e as pessoas têm que gostar de ti como tu és!

    bjinho

    ResponderEliminar
  6. Tu deves mostrar quem realmente és e não deves estar preocupado em agradar toda a gente. Isso não é saudável e o mais provavel seja isso que te esteja a atrapalhar.
    As pessoas que gostam de ti, gostam de ti por aquilo que és, e não por aquilo que tentas ser.
    É sensato quereres fazer todas as pessoas felizes, mas já diz o ditado que não podemos agradar a gregos e a troianos. Não te preocupes tanto com isso, preocupa-te em seres quem és, vais ver que assim as coisas correm melhor :D

    ResponderEliminar
  7. Não desabes. Chora, grita, faz tudo o que sentires necessidade de, mas não deixes que passe para além disso. Vais conseguir ultrapassar esta fase menos boa. Força.

    ResponderEliminar
  8. Primeiro do que tudo, tens de ser verdadeiro contigo mesmo. És a única pessoa com quem vais ter viver toda a vida. Segundo, vais aprender que não se pode agradar a todos. E que nem precisas. E quando chegares a essa conclusão garanto-te que vais ser mais feliz. Agora, arrebita. Não gosto nada destes posts na internet porque fazem-me sentir incapaz de poder ajudar. Se precisares, manda-me um e-mail. Sou um optimo "psicologo" "barman" ou "padre".

    ResponderEliminar
  9. Sem máscaras o mundo ruiria. A máscara é a mentira, mas dela fazemos também nós parte.
    Só tens que ser mais tu próprio e enfrentar os teus medos.
    O resto... É com o tempo... Aquele que parece que nunca mais vem, e tarde perceberás, que nunca mais volta.
    Abraço

    ResponderEliminar
  10. Para começar, trata de ti, antes de te preocupar com a família, com os amigos, com os amores.
    Pensa que és tu que importas, que és tu, como és, que vai viver a tua vida e não os outros.
    Aceita-te como tu és, no teu todo e sem hesitação!
    Depois, quando esse processo resultar, trata de devagar ir resolvendo os outros: a família com certeza te apoiará, os amigos VERDADEIROS não te negarão apoio e um amor real e sincero h´-de surgir.
    è um processo longo, mas começa em ti, e só tu o podes realizar.
    No entanto, conta comigo para o que precisares; o meu mail está no meu blog.
    Abraço.

    ResponderEliminar

É necessário dizer que quero muito que comentes? Ok, eu quero muito que comentes os meus textos :D.
Obrigado pelo teu comentário.